A RAINHA VERMELHA - VICTORIA AVEYARD

Livro: A Rainha Vermelha 
Autora: Victoria Aveyard
Páginas: 422
SEGUINTE


SINOPSE: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho e prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar a família, a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda nobreza, descobre que tem um poder misterioso... Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará o príncipe - e Mare contra seu próprio coração.


RESENHA: 

E aí, caros leitores, tudo bom? 
Hoje eu venho falar um pouco sobre o livro que li faz pouco tempo, chamado A rainha vermelha, da Victoria Aveyard.

A distopia se passa em uma sociedade monarca, em que os que se apoderam do poder são os chamados prateados, uma parcela da população com sangue prateado, rica e privilegiada, temida por muitos como "os descendentes dos deuses" por possuírem habilidades especiais como a capacidade de controlar o fogo e a água por exemplo. Assim, a outra parcela da sociedade é composta pelos vermelhos: pobres e sem poderes, trabalham a serviços dos prateados.
Em meio disso, somos apresentados a Mare Barrow, uma jovem de sangue vermelho sem muitas esperanças para o futuro: quando completar 18 anos, irá para a guerra. Destemida, forte e corajosa, age por mudanças, sofre pela realidade em que vive e rouba para cuidar e ajudar a família, ainda mais com seu pai que, apesar de ter sobrevivido a guerra, teve como presente uma cadeira de rodas como acompanhante para sua vida. Junto disso, ela acaba indo trabalhar no palácio real, moradia do rei prateado e sua família e é lá que sua esperança, junto com o medo, começa a voltar por meio de uma descoberta reveladora, que mudará não só o futuro de Mare, mas também o futuro de toda a sociedade.

Com uma capa misteriosa, intrigante e uma escrita surpreendente, Victoria consegue reunir aventura, romance, causas sociais e um toque de política em uma só história. 
Se você é aquele tipo de leitor que em toda leitura não sabe se ama ou odeia algum personagem, parabéns! Tendo como pano de fundo um triângulo amoroso (que no final surpreenderá a todos), com toda a certeza essa questão passará por sua mente diversas vezes com a Rainha vermelha.

A coleção completa possuí 3 exemplares e um extra. Cada capítulo é um soco na cara, que te deixa intrigado para saber o que irá acontecer e te faz devorar o livro em segundos! É aquele tipo de livro que, ou você ama, ou odeia. Então, deixa aqui nos comentários o que vocês acharam.
Espero que vocês, assim como eu, tenham amado e ansiosos para ler a continuação.

Até a próxima resenha!

Postado por: Julia 

4 comments

janaina silva 22 de agosto de 2017 07:29

Oi,tudo bem! :)

Eu comecei a ler esse livro em ebook, mas infelizmente não pude prosseguir com a leitura...O tablet queimou! :(

Mas o pouco que li da história ,me interessou bastante. E realmente vamos lendo sem nos darmos conta.
Como li apenas o início, gostei muito da personagem Mare.
Ela faz o que pode pela família.;)

mich 22 de agosto de 2017 12:09

Hey *-*
Adoro distopias! Faz algum tempo que quero ler essa trilogia.
Apesar de eu temer esse triângulo amoroso ( não gosto mesmo) vou dar uma chance ao livro porque parece ser bem surpreendente !!

Bj

Saskia Caroline 28 de agosto de 2017 08:13

Distopias são o meu forte, acho que há poucos outros gêneros que façam eu me envolver tanto. Gosto de imaginar épocas assim e tentar viver nelas, da mesma forma que a protagonista ou criar algo completamente novo observando de outra visão, como uma outra pessoa da história. Já ouvi muitas opiniões sobre A Rainha Vermelha e milhares de recomendações, mas nunca dei chance, lendo essa resenha mais uma vez estou me perguntando porque kkk

Franciele Débora 30 de agosto de 2017 10:23

Eu fiquei curiosa com esse livro desde quando a editora anunciou que publicaria o título no Brasil e desde quando eu só ouvia falar desse livro e o quanto ele é extraordinário. Achei a capa maravilhosa, fiquei extremamente interessada pela sinopse e adorei o gênero da história. Como não desejar depois desta resenha? Impossível!
Espero poder tê-lo logo. Acredito que tornará um dos meus favoritos.
Beijos.

Postar um comentário