IMORTAL, A MALDIÇÃO DE ARTHUR - GRACI ROCHA

Livro: Imortal - A Maldição de Arthur
Autora: Graci Rocha
Páginas290 
PENDRAGON


SINOPSE: Você acha que já viu tudo? Que já leu todo tipo de história de terror ou aventuras mirabolantes? Que já conheceu todos os demônios e anjos que poderia suportar? Na certa você ainda não conhece Cass, uma mulher temperamental que não suporta receber ordens. Ah! E que é também a filha do Diabo. Mas as coisas entre bem e mal não são tão simples como conhecemos, o bem nem sempre é bom e o mal nem sempre é tão mal assim, e desta forma, Cass, uma imortal que não aparenta ter mais do que vinte e cinco anos, vem burlando as regras e boicotando o pai. Entre aliados inesperados e inimigos surpreendentemente assustadores, a bela que já vivera muitas vidas, vai descobrir que estar do lado dos bonzinhos é muito mais difícil do que imaginava.




IMORTAL: A MALDIÇÃO DE ARTHUR é simplesmente surpreendente.


Primeiro fato: Cass é uma mulher forte.

Segundo fato: batalhas incríveis, descritas de forma que o leitor consegue ver o que acontece.

Terceiro fato: Vemos uma estória maravilhosa, que seria impossível de se imaginar.

Eu realmente amo livros sobre batalhas e mulheres no poder. Creio que nem tudo se resume a homens grandalhões com suas espadas e pensamentos machistas. Apesar de termos homens grandalhões com espadas no livro.

Cass tem um temperamento forte e gosta de deixar isso bem claro a qualquer um. Não é por ser pequena e parecer ter um corpo frágil, que ela se deixa ser humilhada. Ela é onipotente, inteligente e uma alma livre (apesar de não sabermos se ela realmente tem uma alma).


Apesar de parecer não se importar com nada, além de si mesma, Cass se preocupa. Filha do Caído, ela decide que não irá fazer o mesmo que seu pai, e acaba salvando seres inocentes e lutando contra monstros que não deveriam estar aqui.

Em uma dessas batalhas, Cass acaba se deparando com um mensageiro que traz más noticias sobre O Continente Perdido. Ela prefere deixar para lá e não ajudar em nada. Mas Luke, seu fiel companheiro, a quem a ajuda a destruir os monstrengos, não desiste.

Luke, que é um amigo e tanto para Cass, esconde seus sentimentos o máximo que pode, porém a Imortal sabe o que ele sente. Mas seria possível Cass amar Luke?


Então convencida pelos argumentos do louro, Cass decide ir atrás do Medalhão Pendragon, para salvar o continente.

O que ela não contava, era reencontrar pessoas de seu passado, e ter sentimentos bons, ruins, os quais ela nem imaginava que pudesse sentir depois de tanto tempo.


Uma das melhores coisas do livro foram os personagens criados pela autora. Eu sempre me perco com nomes e detalhes de personagens. Porém, a autora deixou tão claro cada característica, que era impossível se perder.

Creio que o livro mostra que a maior parte do que se parece, é algo totalmente diferente. O possível inimigo se torna o aliado mais fiel, e o aliado pode ser o inimigo.


Enfrentando o passado de frente, a pequena terá de descobrir se ainda é Cass, ou se voltará a ser Gwen.

Um dos pontos que tornam a leitura um pouco mais lenta é o fato de muitos detalhes, porém isso não torna o livro chato.


É um livro para quem gosta de batalhas, a cada capítulo existe uma nova, e cada uma é mais memorável que a outra.

Postado por: Amy

5 comments

janaina silva 12 de agosto de 2017 11:10

Uau,não tem como não se empolgar com a sua resenha.
Gosto de livros com personagens fortes e cheios de aventuras.
E adoro quando o autor (a), é tão fiel aos detalhes, que nos transporta para um lugar mágico.
E pelo visto esse livro é exatamente assim. ;)

E que capa!!!!
Linda!

Mais um livro que eu não conhecia. E adorei "descobrir" essa novidade.

mich 12 de agosto de 2017 12:21

Olá !!
Adoro livros com anjos e demônios e ainda mais quando a mocinha é toda guerreira.

Esse enredo é muito bom !! A autora foi bem criativa ao escrever sobre a filha do Caido.

Gostei bastante!!

Bjo

Graci Rocha 12 de agosto de 2017 19:58

Obrigada pela resenha. Amei.

Saskia Caroline 16 de agosto de 2017 09:18

Que capa mais linda brasiiiiil, amei demais.
Adorei o livro já pela sinopse, o conjunto me faz querer devorar o livro em segundos. Filha do demo ein, coincidência o nome dela ser Cass tipo Castiel de Supernatural?
(Deixo aqui a reflexão)
Gostei de você ter tratado na resenha os personagens, isso pra mim é extremamente importante, na verdade é o que mais me encanta, porque é com eles que vamos estar a história toda e acabamos traçando uma linha de comportamento pra eles e as pessoas de quem eles podem gostar.
O que me pegou foi o fato da parte cansativa, tenho um sério problema com isso, mas devido o resto acho que leria sim.

Franciele Débora 29 de agosto de 2017 21:14

Já adorei o livro só pelos os três primeiros fatos que você citou, já sei que esse livro faz muito o meu tipo de leitura. Parece ser uma historia cheia de aventuras, meu coração chega a palpitar aqui haha.
Quero e já adicionei na minha lista.
Valeu pela dica, adorei! Beijos.

Postar um comentário