O DOADOR DE MEMÓRIAS - LOIS LOWRY

Livro: O doador de memórias
Autora: Lois Lowry
Páginas: 192
Arqueiro

Sinopse: Em O doador de Memórias, a premiada autora Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existe dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor ou alegria genuína.
Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente - o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente. 
Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e , ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. 
Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu novo mundo nunca mais será o mesmo.
Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar.


Resenha: 

Gostaram da sinopse, né? É muito convincente e chamativa, não acha? 

Hoje eu venho lhes falar sobre o livro O doador de Memórias, de Lois Lowry.
A autora nos convida para entrarmos em um mundo diferente, onde a ordem e a disciplina prevalece em primeiro lugar. Sem cores, dor e desigualdade, seus habitantes apenas possuem conhecimentos acerca do presente e apenas algumas são escolhidas para dar à luz.

Conhecemos Jonas, que, aos 12 anos durante a grande cerimônia, recebe o destino de se tornar o próximo guardião, ou seja, receberá as memórias do passado que os demais cidadãos não têm. Como já mostrado na capa do filme: "Quando não há memórias, a liberdade é apenas uma ilusão". Será que Jonas será capaz de ficar quieto diante dessas memórias?

Apesar de não ser um livro muito conhecido e até ter saído filme sobre (que, por sinal, vale a pena dar uma conferida), O doador de memórias é envolvente em cada página, com uma escrita incrível. Podemos notar a bela capacidade de entrelaço e importância de cada personagem para a trama.
É aquele tipo de livro que todo leitor não quer que acabe, por mais viciante que seja! 

Cheio de ensinamentos e reflexões para todas as idades, e ainda por estar com um preço bom, O doador de memórias é um livro que todos deveriam ler!



Postado por: Julia

6 comments

janaina silva 8 de agosto de 2017 07:24

Júlia, livros do gênero são sempre uma surpresa para mim.
Pois como sempre dizem,"estou saindo da minha zona de conforto".
Mas esse livro ainda não li. E fico aqui imaginando como seria viver em um mundo aparentemente perfeito,mas que na verdade esconde o que realmente é verdadeiro.
E acredito que esse guardião, não aguentará essa pressão.

E sim!!!
Achei a trama bem interessante! :)

Bjs.

Saskia Caroline 8 de agosto de 2017 07:43

Já li esse livro no período do Ensino Médio, e sou apaixonada. Sou louca pela construção de mundos assim com um pensamento tão diferenciado, te faz realmente refletir sobre o que se passa e se os padrões ainda existem hoje.
Adorei a resenha, mostrou um ponto de vista interessantíssimo sobre a obra, amo esse blog <3

mich 8 de agosto de 2017 23:55

Olá !!
Já muito falar do livro mas ainda não li por falta de oportunidade mesmo.
Gosto muito de livros de distopia adoro a criatividade que os autores tem para construir uma nova realidade.

Esse livro parece ser incrível!!
Quero muito le-lo..

Bjos

Karoline Travassos 9 de agosto de 2017 14:15

Lendo a sinopse, fiquei pensando como seria uma vida assim: sem sentimentos. Acho que não teria como viver, já que somos feitos de sentimentos, eles que dão um sentido a nossa vida. Isso que me impressiona nos autores, eles criam um mundo quase impossível.


Cupcakeland

Franciele Débora 29 de agosto de 2017 20:13

Olá, apesar de ter visto o filme muitas vezes e ter gostado muito, ainda não li o livro por preguiça mesmo haha.
Mas o livro parece ter bem mais detalhes que o filme como sempre, né? Se algum dia eu tiver a oportunidade de ler com certeza leria, é um tipo de livro que goste muito do gênero e sempre estou lendo.
Beijos.

Ana Paula Santos Moreira 30 de agosto de 2017 08:32

Assisti ao filme e gostei muito. So o final achei sem graça e deveria ter continuação, porém a història em si é perfeita. Quero muito ler o livro e ver as diferenças.

Postar um comentário