O ESCUDO DO SENHOR – BEATRIZ C CAVALCANTE


Livro: O Escudo do Senhor
Autora: Beatriz C. Cavalcante
Páginas: 284
PENDRAGON

SINOPSE:

Estaria disposto a acreditar no que julgava impossível?

Desde a criação do universo, Rhaziel sonhava em ser apenas um mero anjo da guarda. E quando o seu desejo é atendido, ele descobre que Haniel, seu irmão, é mantido sob cativeiro pelos demônios, enquanto os mesmos tramam obter o cajado que atribui a verdade absoluta ao portador, e consequentemente a fraqueza do céu. Mesmo que o medo assole os corações dos anjos, Rhaziel, com o seu espírito de aventura ardendo em chamas e seu caráter completamente possuído pelo altruísmo, se oferece para resgatar Haniel, ao mesmo tempo que iniciará a busca pelo humano que deverá proteger. Mas ele não estará sozinho. Juntamente com Kenael, outro de seus irmãos, Rhaziel iniciará uma aventura turbulenta, onde humanos e anjos estarão mais próximos do que nunca. E o tempo, não será um obstáculo.
Você seria audacioso e imprudente ao ponto de salvar aqueles que ama? 
Lute pela verdade, lute pela luz.

RESENHA:

Mais uma resenha de um livro da minha editora favorita!

Essa resenha vai ser bastante brincalhona, por quê? Bom, o livro é da dona Beatriz, que é minha amiga (quase vizinha), é uma pessoa incrivelmente brava!

Quando ela ainda estava escrevendo o livro, eu já enchia o saco dela pra ler (sou dessas), aí quando saiu a pré-venda, já joguei meu charme e aqui está a resenha dessa leitura maravilhosa!

A história começa com Jean Valois, ele é filho de um Rei, quer se casar por amor, e não por poder, mas seu pai não permite, e vai obrigar ele a se casar, sim. Parece tudo "normal" por ai, certo? ERRADO.

Somos atingidos por uma informação destruidora! Jean é na verdade Rhaziel, um anjo que decidiu encarnar como um humano!

Ele é acordado de seu “transe” por Kenael, seu melhor amigo, à mando de Haryel, um anjo poderoso.

Kenael é um personagem importante nessa trama, com todo o seu sarcasmo, ele vai ajudar Rhaziel a encontrar sua protegida, já que nosso querido príncipe é um anjo da guarda.

Só que, temos um problemão né? Haniel, outro anjo, está nas mãos dos demônios do tio Lu. Mais uma missãozinha pros nossos anjinhos.

Claro que existem vários outros personagens, como a Demetria, melhor pessoa! Amei ela!

Lauren, que também é incrível, super me identifiquei.

Não queria falar sobre a Anne, porque eu ainda não sei oque sentir por ela. Achei-a uma personagem boa, e ao mesmo tempo sentia raiva por ela fazer drama em hora errada.

Stephen foi um amorzinho do começo ao fim, um verdadeiro cavaleiro.

E TIO LÚ, GENTE. Eu morria de rir com ele. Simplesmente perfeito.

Amei ler OES não apenas por ser o livro de uma amiga ou por ser de uma das melhores editoras atuais, mas sim porque ele não é um livro com pontas soltas, se aparece algo no livro, se vai até o final, sem enrolação, para então ser direcionado a algo diferente.

E o final do livro é uma bombaaaaaaaaaa, fiquei passada com oque a Bea jogou na minha face sem dó nem piedade!

Obrigada Bea por me deixar ler teu livro, e por ser essa pessoinha maravilhosa que conheci de um jeito bem doido.






Beatriz C. Cavalcante
  
Nascida  em 12 de outubro de 1999, na cidade de Guarulhos - SP, Beatriz despertou o interesse pela literatura aos 7 anos, quando ainda lia histórias em quadrinhos. Porém, aos 10 tudo mudou. Começou a se apaixonar por fantasia e a cada história que lia, ficava cada vez mais impressionada pelo mundo literário. Desde então, nascia o sonho de criar as próprias histórias, dar vida aos seus próprios personagens e ter um livro publicado. O que a pequena Beatriz não sabia, era que, um dia, uma de suas histórias seria publicada e que o seu sonho finalmente se tornaria realidade. 
"Lembro-me de todas as manhãs, ao retornar da escola, pegar os caderninhos da escola - fato que deixava a minha mãe extremamente furiosa -, e escrever tudo aquilo que florescia na minha imaginação. Graças aos meus irmãos, a minha paixão pelos games começou cedo e isso, de certa forma, contribuiu para a criação das minhas histórias. Eu adorava colocar os personagens de jogos que gostava - Rayman, principalmente - nas minhas histórias e até mesmo desenhá-los ao final de cada uma delas. Lembro-me também que, enquanto meus colegas de sala reclamavam que o professor pedia para escrever textos, eu amava e ainda era sempre elogiada." 
Além de elogiada, ela revela também que levou muito puxão de orelha para que nunca abandonasse seu sonho e melhorasse sua escrita. Hoje é imensamente agradecida a todos os professores e principalmente aos seus puxões de orelha.

Postado por: Amy

10 comments

Fernando Costa 23 de agosto de 2017 00:40

Com certeza esse livro tinha tudo pra ser um clichê, o príncipe querendo casar por amor e tal, mas aí vem essa coisa do Anjo reencarnado...
Caramba, a proposta parece interessante, e pela resenha, eu gostaria mto de ler.
Foi pra lista.
🤓

Beatriz C. Cavalcante 23 de agosto de 2017 16:53

Amy, Amy, Amy... respeite a minha personagem (Anne), hein?! O que aconteceu com ela, com certeza explicaria qualquer "drama" feito por ela. hahahaha'

O que dizer dessa resenha? Simplesmente amei! É. Foi bom você me encher o saco durante a escrita do livro mesmo. Sem isso, eu não teria finalizado-o com tanta segurança na história. XD'

Muito obrigada pela super resenha, e o mais importante, obrigada por ser uma grande amiga. <3

janaina silva 23 de agosto de 2017 18:35

Oi,gosto bastante de livros com esses seres tão especiais . Os anjos!
E me parece que a história vai muito além de um romance.Acho que envolverá muitas aventuras e ação.

E o que dizer dessa capa?
Maravilhosa!!!!!

Espero poder ainda ler o livro da autora Beatriz C. Cavalcante . :)

Boa dica!

mich 24 de agosto de 2017 00:27

Olá !!
Eu gosto muito do sobrenatural, anjos e demônios.
Esse livro realmente parece ser incrível mesmo!!
Que bom que ele é bem desenvolvido e sem enrolação!
Gostei !

Bjo

Beatriz C. Cavalcante 24 de agosto de 2017 22:25

Moço, eu quase tive um treco aqui. Hahahaha'
Sim, realmente, o começo é bem clichê mesmo. MAS, nada como preparar o leitor para um grande impacto, não é mesmo? XD

Beatriz C. Cavalcante 24 de agosto de 2017 22:29

Lutas de espadas, viagens no tempo e inúmeras outras coisas. Bom, se eu disser mais alguma coisa, vai acabar com toda a diversão. Hahaha' <3

Beatriz C. Cavalcante 24 de agosto de 2017 22:33

E espero que algum dia, você possa se encantar com a história. ♥

Beatriz C. Cavalcante 24 de agosto de 2017 22:39

Obs: Em relação ao personagem (Anne), não foi uma crítica. Não sou aquele tipo de autor que não pode ver ninguém falando mal do personagem que já quer meter a mão na cara de todo mundo. Afinal, cada um tem a sua opinião e entende a coisa toda da maneira que quiser. Mas, o que me imprecionou, foi o fato de você achar a Anne dramática e a Lauren não. Hahahaha' xD

Saskia Caroline 28 de agosto de 2017 08:17

Sempre que vejo algo relacionado a anjos, lembro de um livro que realmente tocou meu coração e me faz seguir o gênero sempre que posso, não posso ver um livro que chegue a tratar disso que quero experimentar e viver novas sensações, porque, sério quem nunca imaginou namorar um anjo? oooou demônio? kkk
Adorei a capa do livro, me encantou de primeira e me faz ter um pouco de noção sobre o cenário em que a história vai estar e acho isso muito importante, meu cérebro também kkk
A premissa parece muito boa, todo esse dois lados do coração, vontade de viver algo diferente e a ação, gosto de ver como cada pessoa se adapta a situação que vai ver, isso que me atrai em cada uma dessas histórias!
Não vejo a hora de poder ler.

Franciele Débora 30 de agosto de 2017 12:44

Esse livro parece ser incrível, pois tem demônio, anjos e tudo o que envolve o sobrenatural. Amei essa resenha e com toda certeza vou ler esse livro, meus gêneros favoritos esta neste livro ♥
Obrigada pela dica, beijos.

Postar um comentário