FOREVER - IASMIN GIBIN


Livro: Forever
Autora: Iasmin Gibin
Páginas: 171
GIOSTRI


SINOPSE: 


"Vampira". Exatamente como todos dizem: vida eterna, beleza sobrenatural, força descomunal. Matar. Alice vai ter de lidar com tudo isso, mesmo contra a sua vontade. Mas de uma coisa ela sabe; é melhor não confiar em ninguém.
Robert, com todo o seu ódio, e Vitor, repleto de mistérios, impelem a novata para o meio de uma briga que não é dela. Sem contar os enigmas acerca de Charlotte, que assombram os pensamentos de Alice constantemente... Venha enfrentar os mais eletrizantes desafios juntos com a jovem vampira.



EU VI - CAPITÃO AMÉRICA: O PRIMEIRO VINGADOR




Oi, tudo bom? 
Hoje nós vamos falar um pouquinho sobre um dos famosinhos da Marvel, um dos mais querido (e lindo) da turma dos vingadores: Capitão América.
Capitão América é um herói americano criado pela Marvel na década de 1940 e adaptado aos cinemas em 2011.
O filme conta primeiramente a história e o surgimento do Capitão América, mais conhecido como Steve Rogers, jovem nascido em Brooklyn, Nova York que ansiava em lutar por seu país na Segunda Guerra Mundial, apesar de seu físico magro, baixo e franzino, a qual o atrapalhou em muito para o alcance de seu objetivo. 
Ao ver os seus colegas e amigos partirem para a guerra, Steve sente-se "culpado" por não estar cumprindo o seu dever para com a nação. Não se sente privilegiado em estar fora do campo de batalha e, por isso, tenta se alistar com nomes falsos em diversas cidades, sem sucesso.
Durante uma conversa com seu melhor amigo Bucky, que iria para o campo no dia seguinte, tenta se alistar novamente e é descoberto por um cientista alemão aliado e servidor do governo dos Estados Unidos, que viu em Steves não o físico, mas sim a bravura, coragem e inteligência, características também importantes para um excelente soldado. E é assim que o jovem topa participar do experimento feito pelo cientista que, se obtivesse sucesso, aumentaria seu metabolismo e multiplicação de célular, aumentando assim sua musculatura. Desse modo, virou um soldado completo, um modelo e um herói para o país: o Capitão América, que irá liderar a luta dos Estados Unidos contra o Caveira Vermelha, auxiliar de armas de Hitler para deter o plano da Alemanha de dominar o mundo.
Capitão América é o modelo de um patriota e corajoso, um exemplo das características dos cidadãos americanos, que tem como objetivo defender a liberdade e estabelecer a ordem. Como o uniforme já diz, com as cores da bandeira dos Estados Unidos, ele é a representação do Imperialismo norte-americano.

A criação do personagem foi o solução encontrada para a nação acreditar e construir esperanças no país. Enfrentando inimigos, podemos visualizar cenas do filme que comprovam essas afirmações ditas anteriormente, como por exemplo, a turnê do Capitão América nos teatros, sua imagem nos cartazes, convidando os jovens a se alistarem no exército e a criação de filmes e revistas em quadrinhos, que dominaram a atenção das crianças. 














Aventura, história, ação e uma pitada de romance, pra quem gosta de super heróis e de uma boa história em quadrinhos, Capitão América: O primeiro vingador é uma boa pedida!











Postado por: Julia

MÚSICAS E LIVROS #TAG

Olá!
Já tem um post aqui no blog com a Kah do Cupcakeland, e decidimos fazer mais um em conjunto.
Então para a ideia da vez, é casais com músicas perfeitas para eles.
Vão ser apenas cinco livros para o post não ficar gigante, e vocês enjoarem, né?

TRAVIS E ABBY

Love me again - John Newman

Amy: Ao meu ver, é a música do Travis e da Abby de Belo Desastre (Jaime McGuire), não acham?


RUSH E BLAIRE 


Não sei quem canta, mas é linda!

AmyEssa segunda música é mesmo do livro, e eu fiquei maluquinha, porque amo demais essa série, por mais que não tenha terminado até hoje.

É a musica do Rush e da Blaire de Paixão sem Limites (Abbi Glines).

CAMRYN E ANDREW


Iris - Goo Goo Dolls


AmyUma das músicas que eu sou apaixonada, ao meu ver é perfeita para o casal desse livro maravilhoso.

Meu tema para a Camryn e Andrew é porque a primeira frase da música traz "e eu desistiria da eternidade para te tocar". Andrew e Camryn desistem de tudo para se acharem novamente.

ROBERT E MELINDA 


Despacito - Luis Fonsi & Daddy Yankee feat Justin Bieber

Kah: Robert e Melinda são os protagonistas de Doce Amargo, nacional que li recentemente, e escolhi essa música para eles por duas razões: 

1. Tanto o livro como a música tem uma pegada meio hot então né... suave suavecito

2. A própria autora teve sérios amores por essa música, então não consigo pensar em outra que represente melhor :) rsrs.

HAZEL E AUGUSTUS


All of the stars - Ed Sheeran

Kah: É obvia essa música para o casal? Sim, mas como diz aquele ditado "fazer o que, né?". Quando eu estava lendo o livro, lembro que na carta no final (oi? isso foi um spoiler?) eu coloquei essa música para ouvir e chorei demais, então, além de tocar no filme eu realmente acho uma música que é a cara total de um dos melhores casais literários. 


Obrigada, Kahzinha por ter participado desse post. Foi mais uma vez maravilhoso criar essas maluquices com você! 


E vocês, concordam ou discordam das nossas escolhas? Tem alguma música que faz vocês lembrarem de algum casal literário? Conta nos comentários!

OBLÍVIO NAS ENTRELINHAS - BRENDA RIPARDO

Livro: Oblívio nas Entrelinhas
Autora: Brenda Ripardo
Páginas: 266
PENDRAGON



Sinopse:

Samantha tem que seguir o seu coração, mas como fazer isso, se ele mostra dois caminhos certos?
Estão todos animados com as férias de verão! Mas o que era para ser divertido, acaba em um pesadelo. A vida de alguém é interrompida inesperadamente, abalando alguns dos alunos da Albert Wulff.

Quanto tempo dura a dor de um luto?
Samantha não sabe, e nem está disposta a descobrir. O que é pior. As coisas podem mudar do dia para noite, Benjamin sabe bem disso. Agora, ele tenta encontrar uma forma de se equilibrar na linha tênue da razão e esperança. A esperança, principalmente.
Devin tem que ser forte, porque a vida nem sempre é justa. E às vezes, é preciso carregar o mundo nas costas e esconder seus sentimentos. Pessoas morrem todos os dias, deixando um rastro de sofrimento para os que ficam. Mas elas, de alguma forma, permanecem vivas dentro de nós. 


Resenha: 

MINHA GENTE, BORA FALAR DE ONE?

Vamos lá, a continuação de ENE, traz a vida da Sam de novo em foco com os boys magias: Ben e Devin.

Nesse livro, Sam sofre tantas perdas, mas também ganha uma amizade meio que improvável.

Admito que fiquei surpresa com a ousadia da Brenda ao escrever Oblivio, por dois motivos: Normalmente autores não mexem tanto com os principais, faz com que eles sempre saiam ilesos, já a Brenda trouxe esse fato de que ninguém está a salvo, que podem acontecer coisas sim, e o segundo, foi ela ter mostrado muito oque acontece hoje em dia, como violência contra a mulher de todas as formas, a gravidez na adolescência, racismo, e o uso de drogas e também o câncer atingindo pessoas próximas.

Mais uma vez, a escrita dessa garota está incrível, e os capítulos sempre curtinhos! Não sei dizer o quanto amo.

Eu não gosto tanto de livros com músicas o tempo todo, porque fica aquelas letras de música ocupando o espaço pra diálogo, e eu sempre pulo a parte da letra, mas assim como o primeiro, a Brenda não coloca a letra da música, ela fala sobre a música detalha a forma como é cantada, e em apenas algumas ela coloca alguns trechos porque tem mais significado, e isso me fez gostar ainda mais do livro.

Esse segundo livro, a Sam tem que aprender a lidar com a dor da perda, e ela não é a única.

Vi que o foco em Molly e Paige foi bem maior, e a família da Sam ficou em segundo plano, já que no primeiro era mais focado nesse momento.

Veio também o passado de Ben um pouco a tona, e desenvolveu uma quase "amizade" entre ele e Devin.


Confesso que gostei do novo australiano gato, Lowan.

E amei Joseph do fundo do meu coraçãozinho.

Aprendi a gostar da Paige também, mesmo ela sendo toda torta daquele jeito.

Apesar de ter amado esses personagens, comecei a odiar outros, como Andrew, Nicolas e Cameron, porém o ódio em Megan desde o primeiro livro continua.

ONE foi uma leitura incrível, é o tipo de livro que você lê, lê, lê e não sente vontade de parar, não se torna algo cansativo em momento algum.

E é claro que estou ansiosa para o Amor nas Entrelinhas!

Quero o desfecho dessa história logo!

Parabéns Brenda pela escrita linda, pelo livro maravilhoso, e por ser essa pessoa MARAVILINDA que é! 


Bio:

Brenda Ripardo nasceu em Fortaleza - CE, onde teve intermináveis e surpreendentes tardes de verão, e diferentes animais de estimação.

Flerta com a literatura desde criança, pois seus pais a incentivaram imensuravelmente a ler diferentes livros e implantaram nela, mesmo que inconscientemente, o sonho de ser escritora.

Começou a escrever aos 16 anos, mas apenas dois anos depois decidiu levar a sério a paixão. E hoje, tem como objetivo eternizar em folhas de papéis, todos os personagens e dramas que vivem dentro de sua cabeça.

É apaixonada por romances, séries americanas e animais. Tem como inspiração Constace Briscoe, porque nunca mais foi a mesma depois de ter lido sua obra.

Postado por: Amy