Oi, tudo bom? 
Hoje nós vamos falar um pouquinho sobre um dos famosinhos da Marvel, um dos mais querido (e lindo) da turma dos vingadores: Capitão América.
Capitão América é um herói americano criado pela Marvel na década de 1940 e adaptado aos cinemas em 2011.
O filme conta primeiramente a história e o surgimento do Capitão América, mais conhecido como Steve Rogers, jovem nascido em Brooklyn, Nova York que ansiava em lutar por seu país na Segunda Guerra Mundial, apesar de seu físico magro, baixo e franzino, a qual o atrapalhou em muito para o alcance de seu objetivo. 
Ao ver os seus colegas e amigos partirem para a guerra, Steve sente-se "culpado" por não estar cumprindo o seu dever para com a nação. Não se sente privilegiado em estar fora do campo de batalha e, por isso, tenta se alistar com nomes falsos em diversas cidades, sem sucesso.
Durante uma conversa com seu melhor amigo Bucky, que iria para o campo no dia seguinte, tenta se alistar novamente e é descoberto por um cientista alemão aliado e servidor do governo dos Estados Unidos, que viu em Steves não o físico, mas sim a bravura, coragem e inteligência, características também importantes para um excelente soldado. E é assim que o jovem topa participar do experimento feito pelo cientista que, se obtivesse sucesso, aumentaria seu metabolismo e multiplicação de célular, aumentando assim sua musculatura. Desse modo, virou um soldado completo, um modelo e um herói para o país: o Capitão América, que irá liderar a luta dos Estados Unidos contra o Caveira Vermelha, auxiliar de armas de Hitler para deter o plano da Alemanha de dominar o mundo.
Capitão América é o modelo de um patriota e corajoso, um exemplo das características dos cidadãos americanos, que tem como objetivo defender a liberdade e estabelecer a ordem. Como o uniforme já diz, com as cores da bandeira dos Estados Unidos, ele é a representação do Imperialismo norte-americano.

A criação do personagem foi o solução encontrada para a nação acreditar e construir esperanças no país. Enfrentando inimigos, podemos visualizar cenas do filme que comprovam essas afirmações ditas anteriormente, como por exemplo, a turnê do Capitão América nos teatros, sua imagem nos cartazes, convidando os jovens a se alistarem no exército e a criação de filmes e revistas em quadrinhos, que dominaram a atenção das crianças. 














Aventura, história, ação e uma pitada de romance, pra quem gosta de super heróis e de uma boa história em quadrinhos, Capitão América: O primeiro vingador é uma boa pedida!











Postado por: Julia


2 Comentários