Livro: Oblívio nas Entrelinhas
Autora: Brenda Ripardo
Páginas: 266
PENDRAGON



Sinopse:

Samantha tem que seguir o seu coração, mas como fazer isso, se ele mostra dois caminhos certos?
Estão todos animados com as férias de verão! Mas o que era para ser divertido, acaba em um pesadelo. A vida de alguém é interrompida inesperadamente, abalando alguns dos alunos da Albert Wulff.

Quanto tempo dura a dor de um luto?
Samantha não sabe, e nem está disposta a descobrir. O que é pior. As coisas podem mudar do dia para noite, Benjamin sabe bem disso. Agora, ele tenta encontrar uma forma de se equilibrar na linha tênue da razão e esperança. A esperança, principalmente.
Devin tem que ser forte, porque a vida nem sempre é justa. E às vezes, é preciso carregar o mundo nas costas e esconder seus sentimentos. Pessoas morrem todos os dias, deixando um rastro de sofrimento para os que ficam. Mas elas, de alguma forma, permanecem vivas dentro de nós. 


Resenha: 

MINHA GENTE, BORA FALAR DE ONE?

Vamos lá, a continuação de ENE, traz a vida da Sam de novo em foco com os boys magias: Ben e Devin.

Nesse livro, Sam sofre tantas perdas, mas também ganha uma amizade meio que improvável.

Admito que fiquei surpresa com a ousadia da Brenda ao escrever Oblivio, por dois motivos: Normalmente autores não mexem tanto com os principais, faz com que eles sempre saiam ilesos, já a Brenda trouxe esse fato de que ninguém está a salvo, que podem acontecer coisas sim, e o segundo, foi ela ter mostrado muito oque acontece hoje em dia, como violência contra a mulher de todas as formas, a gravidez na adolescência, racismo, e o uso de drogas e também o câncer atingindo pessoas próximas.

Mais uma vez, a escrita dessa garota está incrível, e os capítulos sempre curtinhos! Não sei dizer o quanto amo.

Eu não gosto tanto de livros com músicas o tempo todo, porque fica aquelas letras de música ocupando o espaço pra diálogo, e eu sempre pulo a parte da letra, mas assim como o primeiro, a Brenda não coloca a letra da música, ela fala sobre a música detalha a forma como é cantada, e em apenas algumas ela coloca alguns trechos porque tem mais significado, e isso me fez gostar ainda mais do livro.

Esse segundo livro, a Sam tem que aprender a lidar com a dor da perda, e ela não é a única.

Vi que o foco em Molly e Paige foi bem maior, e a família da Sam ficou em segundo plano, já que no primeiro era mais focado nesse momento.

Veio também o passado de Ben um pouco a tona, e desenvolveu uma quase "amizade" entre ele e Devin.


Confesso que gostei do novo australiano gato, Lowan.

E amei Joseph do fundo do meu coraçãozinho.

Aprendi a gostar da Paige também, mesmo ela sendo toda torta daquele jeito.

Apesar de ter amado esses personagens, comecei a odiar outros, como Andrew, Nicolas e Cameron, porém o ódio em Megan desde o primeiro livro continua.

ONE foi uma leitura incrível, é o tipo de livro que você lê, lê, lê e não sente vontade de parar, não se torna algo cansativo em momento algum.

E é claro que estou ansiosa para o Amor nas Entrelinhas!

Quero o desfecho dessa história logo!

Parabéns Brenda pela escrita linda, pelo livro maravilhoso, e por ser essa pessoa MARAVILINDA que é! 


Bio:

Brenda Ripardo nasceu em Fortaleza - CE, onde teve intermináveis e surpreendentes tardes de verão, e diferentes animais de estimação.

Flerta com a literatura desde criança, pois seus pais a incentivaram imensuravelmente a ler diferentes livros e implantaram nela, mesmo que inconscientemente, o sonho de ser escritora.

Começou a escrever aos 16 anos, mas apenas dois anos depois decidiu levar a sério a paixão. E hoje, tem como objetivo eternizar em folhas de papéis, todos os personagens e dramas que vivem dentro de sua cabeça.

É apaixonada por romances, séries americanas e animais. Tem como inspiração Constace Briscoe, porque nunca mais foi a mesma depois de ter lido sua obra.

Postado por: Amy



5 Comentários

  1. Olá Amy,sinceramente não conhecia os livros da autora. E pelo que percebi lendo a sua resenha,o segundo livro trás muitas reviravoltas na vida dos personagens... Exatamente como a vida é!
    Gosto quando uma história de ficção , chega próxima da realidade.

    Espero ainda poder ler a sua indicação,e assim conhecer tanto os livros,quanto o trabalho da autora.:)

    ResponderExcluir
  2. AIN!!
    Estou sem palavras, sério!
    Primeira resenha e eu SÓ AMEI! Tô muito emocionada!!
    Muito obrigada, minha linda!

    ResponderExcluir
  3. Não esperava menos da Brenda.
    Não gosto de bajular, ela de fato é uma escritora a cima da média e creio que não vai demorar muito para que ela seja descoberta.
    PS: tenho que comprar essa continuação pra ontem 😱

    ResponderExcluir
  4. Ah não sabia que ENE tinha uma continuação, li a resenha dele alguns dias atrás e gostei muito, que bom saber que tem uma continuação. Sam neste livro precisa ser bem forte, porque lidar uma perda não é nada fácil!
    Gostei de saber que a escrita dela é muito boa e que a leitura é bem fluida.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Realmente é raro os autores mexerem com os personagens principais, até nos, leitores, já nos acostumamos com isso, tanto que ficamos surpreendidos quando acontece e a história fica até mais gostosa de ser lida ❤ Ótimo ter gostado da história, Amyzinha

    Cupcakeland

    ResponderExcluir