Livros: Indomável; Indomável Coração
Autoras: S. Miller; Juliana Mendes
Páginas: 440; 240
Astral Cultural

Antes de colocar as sinopses, uma coisinha: Essa resenha vai ser dupla! Sim, estarei falando sobre dois livros, então espero que vocês não fiquem enjoados com o tanto que vou escrever.

Sinopse - Indomável: É uma história de amor que se desenrola em uma fazenda de criação de cavalos Manga-larga Marchador no interior de Minas Gerais entre quatro melhores amigos: Heitor, Lurdinha, Lírio e Antônio. Uma história comovente que falará direto ao seu coração.
Heitor sempre fora um homem simples e um amante dos animais e da natureza. Filho do capataz da fazenda do pai de Lírio, ele se acostumou com as constantes humilhações, sempre o lembrando de que ele nunca seria bom o suficiente para Lírio. Mas isso não o impediu de se apaixonar perdidamente pela linda e encantadora menina.
Mas o destino de Lírio estava traçado desde seu nascimento. Como filha do fazendeiro mais rico da região, seu casamento com Antônio, filho do melhor amigo de seu pai controlador, era sua sina certa. Mas seu coração tinha outros planos. Planos indomáveis. E quando as peças do jogo finalmente se alinham para a última jogada, Lírio encontra forças e muita coragem para tomar as rédeas de seu próprio destino.
Você vai se apaixonar pela alegria contagiante de Lurdinha, pela genialidade do dominador Antônio, pela resiliência e caráter de Heitor e, principalmente, pela transformação de Lírio em uma mulher incrivelmente forte e indomável, provando que não existe luta que possa ser ganha contra as vontades do coração.
Você vai descobrir o amor. Não um amor qualquer, um furacão capaz de transformar vidas. Renda-se à leitura dessa história intensa, sensual, provocante e desinibida, uma tentação arrebatadora e emocionante que irá incendiar a sua imaginação!
“Indomável é o coração, ele nos leva ao caminho que é do alvo dele.” 
--------------------------------------------------------
Sinopse - Indomável Coração: Despedaçado pela perda do amor, o peão Heitor Domingos decide seguir em frente e construir sua vida longe da fazenda. Os anos passam e o menino cheio de sonhos adolescentes deixa de existir. Em seu lugar, surge um homem forte e decidido, que, contrariando expectativas, consegue seguir em frente rumo a um futuro brilhante, entrando para a faculdade e se mostrando um aluno acima da média. Mas essa não é a única marca que Heitor deixa ao passar pelo ensino superior... Ele se transforma de um encantador de cavalos em um grande encantador de mulheres. Com uma forma peculiar de agradar cada mulher que passa pelas suas mãos, Heitor se torna o objeto de desejo de todas que cruzam o seu caminho. E as que chamam a sua atenção terão a chance de entender muito bem o porquê. Heitor é um predador. Bruto, rústico e sistemático, mas sua parcela de carinho e romantismo afeta até o mais destruído dos corações.

E chegou a hora de dizer à vocês qual era o livro com a seguinte frase:

"Ao longo dos anos, aprendi a ler os sinais femininos na hora do sexo, quando já estou com elas na minha cama. O "não" normalmente quer dizer "sim", o "para" é o famoso "continua!", o "talvez" significa "quero muito!", o "de jeito nenhum" é basicamente "o que você está esperando" e o "sim" é o "sim" das corajosas e atrevidas." - Indomável Coração. 

Eu ganhei esses dois livros há bastante tempo, e ainda não havia lido. Então quando começou a Maratona Literária da qual estou participando, resolvi desencalhar ele e mais alguns livros que estavam parados havia tempo.

Comecei com Indomável, o que claro, assim que iniciei não imaginava o que a história traria. No início vemos como as crianças/adolescentes se conheciam desde pequenos e havia uma paixão iminente entre eles, mas que não era aceita principalmente pela parte do pai de Lírio.

Até ai você pensa: ela é uma criança ainda.

Ai chega na fase adulta e por COMODISMO, Lírio namora Antônio. "Ah mas que ele era apaixonado por ela, etc", eu acredito que ele não era apaixonado por ela não. Durante a leitura, eu sentia que ele se achava DONO dela, como se ela fosse um objeto de posse dele. que estava escrito em algum lugar que a Lírio ia ser dele, ia aceitar ele e pronto acabou.

Mas é claro que Lírio não se sentia bem assim, ela amava outro, que nunca esqueceu, e bom, Antônio não era Heitor.

EU FIQUEI REVOLTADA durante muitas partes do livro. E ESSA FRASE no começo da resenha por mais que pareça ser de Antônio, o ser controlador, é de Heitor. Porque todo mundo resolveu que queria praticar BDSM nesse lugar.

Com todo esse drama Antônio-Lírio-Heitor, temos nossa personagem injustiçada, Lurdinha, que não tem nem o final decente, já explico porque.

Lado bom do livro: QUASE TODOS tem o final que merecem, quase. Os capitulos não são muito grandes. A leitura flui bastante. O significado de BDSM tá bem colocado. Temos diversos pontos de vista.

Lado ruim do livro: A personagem deixa um homem controlador, porque o amor da vida dela é outro que a trata mal sabendo que ela era jovem quando partiu. A principal nunca teve coragem de enfrentar o pai, resolve "proteger" a mãe dela destruindo novamente o coração de quem ela ama, é estuprada, não denuncia o filho da mãe, e no dia seguinte está levando chicotadas como se nada tivesse acontecido.

Agora vem o porque quase todos tiveram seus finais felizes: a Lurdinha simplesmente casa com o ex noivo de Lírio. Sendo que ele à destratou tanto. Não consigo seguir a linha de raciocínio para um final desses a uma personagem que merecia ser a dona do livro.

Aqui, estou falando do primeiro livro. Agora vamos para o segundo.


Indomável Coração se baseia em: Lição de moral, sexo, e mais sexo.

Basicamente você tem diversas mulheres que Heitor teve relações sexuais. Alternando ponto de vista delas, e dele.

O que mais me deixou perplexa durante o livro todo, não era o tanto de mulher que ele pegava, e sim como ele era dado como "O INCRIVEL", sendo que a Lurdinha, nossa personagem maravilhosa, faz o mesmo, e é vista como "piranha".

E sério, com uma noite você conseguir mudar o comportamento de uma pessoa pela vida toda? Não dá para engolir.

Apesar da amizade com Heitor no primeiro livro ser MUITO maravilhosa, nesse segundo, a amizade do meu #Lurtor é muito forçada, eu não conseguia parar de pensar no quanto queria terminar logo o livro, e que ele em algum momento melhorasse para algo mais do que ele estava oferecendo.

Infelizmente, eu não consegui gostar de nenhum dos dois livros, apesar de ter os lido rapidamente, não me agradou muito. Mas cada pessoa tem sua opinião, vi diversas pessoas dizendo que gostaram diferente de mim.


Postado por: Amy


Deixe um comentário